Escolas da rede estadual voltam 100% ao presencial em outubro

Secretária de Educação afirmou que mudanças devem ser feitas no Prosseguir para que retorno seja possível

RAFAELA MOREIRA


Ilustrativa

As escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE) devem retornar com 100% da capacidade a partir de outubro, conforme apontou a secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amêndola da Motta. 

“Está todo mundo vacinado, não tem porque continuar com o escalonamento. As escolas privadas estão com as aulas presenciais, enquanto a rede estadual não, mas o município liberou 100% das Emeis, por isso pedi que o grupo do Prosseguir refizesse algumas diretrizes para que tenhamos o retorno presencial 100% em outubro”, destacou. 

Segundo a Federação dos Trabalhadores em Educação de MS (Fetems), se os protocolos de biossegurança contra o coronavírus forem mantidos, o retorno total deve acontecer, enquanto para o Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), o momento não é seguro para a volta de 100% da capacidade. 

Desde o dia 2 de agosto os alunos da rede estadual de ensino retornaram às aulas presenciais de maneira escalonada, de acordo com as bandeiras do mapa do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) determinadas para cada município do Estado. 

De acordo com o médico infectologista e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Rivaldo Venâncio, o retorno presencial às aulas já deveria ter acontecido, visto que houveram diversas flexibilizações.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE