Motorista tem a perna quebrada durante briga em frigorífico de Nova Andradina

Em outra ocorrência, uma mulher agrediu seu ex com chutes e socos

LUIS GUSTAVO, DA REDAÇÃO / IMAGENS: JORNAL DA NOVA


Foto Divulgação

No início da madrugada desta quarta-feira (6), um homem de 27 anos acabou internado com a perna quebrada depois de se envolver em uma briga com outro homem, de 33 anos, em um frigorífico, na saída para Ivinhema, em Nova Andradina.

Ambos são motoristas e houve um desentendimento por conta de carregamento, sendo que a vítima após carregar o caminhão em que é motorista, estaria demorando para retirar o veículo do local, momento em que os dois passaram a discutir e acabaram entrando em vias de fato, resultando na perna esquerda quebrada do rapaz.

 

O Corpo de Bombeiros Militar de imediato compareceu no local, e encaminhou o homem ferido até o Hospital Regional, ficando em observação.

 

O outro homem foi encaminhado pela Polícia Militar para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina. O caso foi registrado como Lesão Corporal Dolosa.

 

Outra ocorrência 
Um homem de 33 anos foi até a Delegacia para registrar que foi vítima de Lesão Corporal Dolosa, na noite de ontem (5), relatando que foi agredido pela sua ex-mulher, de 25 anos.

 

Ele contou à polícia que foi casado durante oito anos com a autora, e tiveram uma filha que tem três anos e seis meses, tendo se separado há dois anos.

 

A autora já registrou boletim de ocorrência contra o homem e solicitou medida protetiva, porém constantemente vem procurar ele atrás de abrigo, alegando não ter condições financeiras. A mãe do rapaz com pena da mulher, dava abrigo para ela.

 

Segundo o homem, a mulher está em sua residência tem três dias, chegou em casa e queria pegar a filha, nesse momento o comunicante disse que não iria entregar a criança, porque a mesma andou o dia inteira na rua, então a autora começou a agredi-lo com socos, tapas, chutes, e ele afirma que não bateu, nem xingou a autora, apenas se defendeu.

A vítima afirmou que não aguenta mais essa situação e deseja representar criminalmente contra a autora, e irá no fórum para entrar com ação de guarda compartilhada da criança. Ele foi até ao Hospital Regional onde realizou exame de corpo delito.   

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE