Temporal deve retornar no final de semana, em Mato Grosso do Sul

CORREIO DO ESTADO


Foto Divulgação

O temporal que atingiu Mato Grosso do Sul na última sexta-feira (15), deve retornar ao Estado no próximo fim de semana, conforme informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

De acordo com o meteorologista Mamedes Luiz Melo, a chuva vai dar trégua nesta terça-feira (19), no qual o sol retorna e as temperaturas tendem a subir. 

No sul e oeste de Mato Grosso do Sul, o clima será igual, com pouca chuva e temperaturas mais amenas. 

Últimas notícias
O leste pode registrar maior volume, com acumulados de 20 mm. 

Amanhã o sol começa a dar as caras em todo o Estado e as temperaturas voltam a subir. 

Na quarta-feira (20) o clima seco e abafado retorna. 

Essa situação deve permanecer até sexta-feira (22), com máximas de até 34°C em Campo Grande e 38°C em Corumbá.

O restante do Estado terá temperaturas parecidas. 

O meteorologista alertou que no sábado (23) e domingo (24) a chuva tende a ser pesada em todo o Mato Grosso do Sul.

“Pode ser que repita a mesma quantidade da última sexta-feira, com grandes acumulados, ventos fortes e bastante descargas elétricas”, afirmou. 

Primavera
A primavera começa em 22 de setembro e termina em 21 de dezembro no Brasil.

É a estação do ano de transição entre o inverno e o verão. 

Suas principais características são floração de plantas, calor, tempo chuvoso e aumento da umidade relativa do ar.

A estação da primavera será quente e pouco chuvosa em Mato Grosso do Sul, segundo Abrahão.

As chuvas devem ser isoladas, irregulares e mal distribuídas durante a estação da primavera deste ano, podendo causar transtornos e prejuízos à pessoas e edificações.

A umidade relativa do ar terá pequena elevação. Com isso, haverá melhora na qualidade do ar.  

Os dias serão mais longos e noites mais curtas. A primavera nunca ocorre ao mesmo tempo em dois hemisférios. 

Se no sul é primavera, no norte é outono. O mesmo acontece nas estações de verão e inverno.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE