Em Nova Andradina, polícia identifica suspeitos de cometerem estelionato em 2017

DA REDAÇÃO / IMAGENS: JORNAL DA NOVA


Foto Divulgação

Trio suspeito de aplicar golpes em Nova Andradina em 19 de julho de 2017, foi identificado pela SIG (Seção de Investigações Gerais) da 1ª Delegacia de Polícia Civil nesta segunda-feira (18), após abordagem da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Um homem e duas mulheres foram indiciados.

De acordo com a Polícia Civil, a PRF abordou um veículo Kia/Cerato com placas de São Paulo, ocupado por três pessoas, uma mulher loira, uma morena e um indivíduo de compleição física gorda e meio careca, entretanto, esse indivíduo do sexo masculino possuía em seu desfavor um mandado de recaptura no sistema informativo policial, motivo por que foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Nova Andradina.

 

Chegando na unidade policial, os investigadores da SIG analisaram a situação, quando se percebeu que as características físicas e as circunstâncias em que tais indivíduos se encontravam, se amoldavam perfeitamente nas ocorrências em que um grupo de indivíduos praticou um crime de estelionato no ano de 2017, no qual houve o prejuízo de R$ 25 mil à vítima.

 

Diante dos fatos, iniciaram-se prontamente uma série de diligências que culminaram na cabal identificação dos suspeitos como sendo os responsáveis pelos delitos, motivo que, acompanhados dos respectivos advogados, houve o formal indiciamento dos suspeitos pela prática, em tese, do delito de estelionato.

 

A Polícia Civil de Nova Andradina solicita que eventuais vítimas de estelionato praticado por indivíduos com essas mesmas características físicas compareçam à Delegacia para auxiliar nas presentes investigações.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE