NOVA ANDRADINA: Acusado de assassinato no ano de 2016 é absolvido após júri popular por falta de provas

MARCOS DONZELI


Foto Divulgação

Presidido pela juíza Cristiane Aparecida Biberg de Oliveira, aconteceu nesta quarta-feira, dia 01-12, nas dependências do Fórum de Nova Andradina, o júri popular, onde Cristiano Gonçalves, popular Tiano de 27 anos, foi absolvido por falta de provas.

Conforme a denúncia, o réu foi a júri, sob a acusação de ter assassinado Edson Cristian da Costa, de 29 anos, no Bairro Cristo Rei no dia 17 de novembro ano de 2016, em Nova Andradina. O crime aconteceu na Rua Mario Lopes Beiro.

O Promotor de Justiça Paulo Leonardo de Farias, esteve no júri, representando a acuação, ou seja, o MPE (Ministério Público Estadual). O Advogado Juzualdo Galeski, participou do Júri, para defender o acusado. O Júri durou pouco mais de cinco horas.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE