Empreiteiro abate jacaré em fazenda e dono manda empresa de Nova Andradina parar obra

Prejuízo para a empresa é de R$ 270 mil conforme apurou o Jornal da Nova

LUIS GUSTAVO, DA REDAÇÃO / IMAGENS: DIVULGAÇÃO


Foto Divulgação

Oproprietário de uma Metalúrgica perdeu um contrato de R$ 270 mil, ao interromper uma obra que estava sendo executada em uma fazenda, no Retiro da Lagoa em Batayporã.

Ocorre que seu empreiteiro terceirizado, contratado para realizar a obra, teria levado a esposa para o serviço e o casal abateu um jacaré, retirando o rabo (carne mais nobre do animal) e deixando a carcaça no local.

 

O fazendeiro encontrou a carcaça do animal silvestre e cancelou o contrato com a Metalúrgica, avaliado em R$ 270 mil.

 

O abatimento do animal silvestre pode acarretar multa administrativa de aproximadamente R$ 5 mil por pessoa e o casal responder por crime ambiental, isso se o animal silvestre estiver na lista de animais em extinção.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE