Em Nova Andradina, para escapar de flagrante, traficante joga droga e celular e na fuga arremessa bebê no chão

DA REDAÇÃO / IMAGENS: JORNAL DA NOVA


Foto Divulgação

Diego Silva Ramos, de 21 anos, conhecido como “Dieguinho” foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas e receptação de celular furtado. Fato aconteceu na noite deste sábado (25), no bairro Bela Vista II, em Nova Andradina. O suspeito já foi preso em outras ocorrências do mesmo crime, em 2018, 2019 e 2020.

Conforme boletim de ocorrência, uma equipe da Força Tática do 8º Batalhão de Polícia Militar estava em patrulhamento pelo bairro, quando avistou “Dieguinho” de bicicleta que, ao ver a viatura, dispensou algo no solo e empreendeu fuga.

 

Durante perseguição, os militares também perceberam que o suspeito dispensou um aparelho celular e neste momento, foi observado que ele carregava uma criança sentada na cadeirinha na frente e mesmo assim não acatava a ordem de abordagem.

 

Depois de percorrer algumas quadras e percebendo que seria alcançado, se soltou da bicicleta a arremessando ao solo mesmo com o bebê na cadeirinha e continuou a fuga a pé.

Diego Silva Ramos, de 21 anos, conhecido como Dieguinho, quando foi preso em 2018 - Foto: Arquivo/Jornal da Nova

A equipe policial se desmembrou, ficando um policial com a criança e outro foi atrás do suspeito que foi alcançado cerca de 300 metros de onde abandonou a criança.

 

O bebê de nove meses de idade é filho do suspeito e foi amparado pela mãe que chegou no local. A criança estava com uma pequena escoriação na cabeça, porém, não aparentava nenhuma lesão corporal aparente, a equipe orientou os familiares a conduzir o menor ao Hospital Regional para consulta médica, oferecendo ajuda na condução das partes, mas foi rejeitada pela genitora.

 

Já o preso confessou que fugiu por estar com uma pedra bruta de crack e na posse de um celular que havia sido furtado nesta tarde no mesmo bairro. Alegou estar desempregado e pagou R$ 250,00 na droga de uma pessoa que diz não conhecer a fim de dividi-la em partes menores para fazer seu lucro.

 

Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi registrado os crimes de tráfico de drogas, receptação, corrupção de menores e expor a vida de seu filho.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE