Em 12 dias, Mato Grosso do Sul registra 328 casos confirmados de Influenza

O Estado já tem seis óbitos causados pela cepa

MIDIA MAX


Em um intervalo de 12 dias, Mato Grosso do Sul registrou 328 casos confirmados de influenza. O Estado já tem seis óbitos causados pela cepa H3N2. O Secretário de Saúde, Geraldo Resende, pede para que a população busque as unidades de saúde se acaso tiverem algum sintoma respiratório.

 

Segundo o levantamento feito pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), de 26 de dezembro a 1º de janeiro de 2022, o Lacen/MS realizou 398 exames, sendo que destes, 187 foram positivos para a Influenza, o que representa índice de 47% de positividade. Já, no período de 2 a 6 de janeiro de 2022, o Lacen/MS realizou a análise de 295 exames, sendo que deste total, 141 foram positivos para a Influenza, com índice de 47,8% de positividade.

 

O aumento dos casos tem gerado preocupação e o secretário de Saúde do Estado pede conscientização da população. Ele também destaca a importância da vacina para fazer com que os casos diminuam em MS.

 

“Nós queremos pedir à população para que só procurem a unidade de saúde, caso tenham algum sintoma respiratório. É importante que a população tenha a consciência que é preciso se vacinar e que é preciso fazer o uso das medidas de biossegurança. Os vírus estão presentes, estão em circulação, e precisamos que a população se proteja em nosso Estado”, conclui Geraldo Resende.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE