Desorientada, mulher pede ajuda em comércio e diz que foi drogada e estuprada

MIDIA MAX


Uma mulher de 34 anos, foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na manhã de quarta-feira (12), em Campo Grande, na rua Antônio Maria Coelho, desorientada dizendo ter sido drogada e estuprada.

Ela chegou a um comércio na região por volta das 10h50 da manhã de quarta (12) pedindo ajuda. A vítima estava desorientada. O comerciante ligou, então, para o socorro. Sendo que nesse momento, ela acabou  deitando no asfalto. Uma viatura da polícia que passava ao local foi parada por populares  para ajudar a vítima.

Quando socorrida, a mulher foi levada para uma unidade de saúde e contou que no último sábado (8), ela estava no Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População de Rua), sendo que no local um homem se aproximou dela para conversar e os dos foram para o ponto de ônibus.

Já no ponto de ônibus, o homem ofereceu uma bebida a ela, e após isso, a mulher disse não se lembrar. A vítima teria acordado no Jardim Noroeste com as roupas íntimas abaixadas e um líquido no meio das pernas. Ela revelou que estava sentindo dores no órgão genital. 

Na unidade de saúde foi constatada uma ferida na região genital e a vítima encaminhada para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à  Mulher). Segundo a vítima, o homem seria baixo, forte, cabelos de cor castanho-claro e aparentava ter 40 anos. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE